Banner
Dehonianos - Província BSPDestaquesABERTO O XXIV CAPÍTULO GERAL, UM MOMENTO ESPECIAL PARA A CONGREGAÇÃO

ABERTO O XXIV CAPÍTULO GERAL, UM MOMENTO ESPECIAL PARA A CONGREGAÇÃO

Introdução
“Este é um período dinâmico para a Congregação”, disse P. Carlos Enrique Caamaño Martín SCJ, Superior Geral, ao dar as boas vindas aos delegados do XXIV Capítulo Geral. “É um tempo de intensa comunhão, ainda que reconheçamos nossa diversidade. Devemos deixar que o Espírito Santo toque os nossos corações de sorte que possamos ter coração e mente abertos. Caminhar juntos como Dehonianos não só é um dever, mas também nosso chamado permanente. É algo essencial para nós. A vida comunitária não é apenas um meio para atingir um fim, mas é a plena realização da nossa vida religiosa”.

P. Carlos Enrique refletiu sobre o tema desenvolvido por Dom Virginio Bressanelli SCJ, quando era Superior Geral: “Nós Congregação”. Nos Capítulo sucessivos e nas sucessivas administrações, o que nós chamamos de “Sint Unum” continua a crescer.

 

Fases Iniciais
Antes da abertura oficial do capítulo, os delegados aprovaram a sua composição. Setenta e sete delegados estavam presentes. Este número inclui os membros da Cúria Geral, os Superiores Provinciais e Regionais, além dos delegados eleitos.

O passo sucessivo dos trabalhos foi o de aprovar a equipe coordenadora do Capítulo. Como já é tradição, os dois delegados mais jovens foram escolhidos para escrutinadores: P. Ghislain Cardin Djietcheu Ngakam dos Camarões e P. Aloysius Yudistiro Adi Fitri Tyassanto da Indonésia. Os moderadores são P. Stefan Tertünte (diretor do Centro Studi Dehonani) e P. Maurizio Rossi, da Província da Itália do Norte.

Os secretários verbalistas do Capítulo são Daniele Canali da Província da Itália do Sul e P. Sergio Rotasperti da Província Alemã. A comissão de revisão das atas é formada por P. Alessandro Capoferri da Província Moçambicana e P. Ricardo Jorge Ribeiro Freire de Oliveira da Província Portuguesa.

Aprovou-se, também, a Comissão Auxiliar do Capítulo: P. Antonio Purwono (vice-secretário geral), Ir. Roberto García Murciego (ESP) e o Sr. Massimiliano Pocek para a assistência administrativa; P. Bruno Pilati (ITS), P. Juan José Arnaiz Ecker (ESP), P. Ricardo Jorge Ribeiro Freire de Oliveira (POR) e P. Antonio Purwono ocupam-se da liturgia; P. Stefano Zamboni (ITS), P. John van den Hengel (CAN) e P. Carlos Luís Suárez Cordoniú (VEN) fazem parte da Comissão de síntese; P. Francesco Mazzotta (ITM), P. Radoslaw Warenda (POL), P. José Zeferino Policarpo Ferreira (POR) e a Senhorita Mary Gorsky cuidam da comunicação. Igualmente foram aprovados os membros da equipe de tradução e os membros convidados.

 

Retiro Capitular
Irmã Nicla Spezzati ASC, sub-secretária da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, falou aos delegados sobre a natureza do Capítulo. Irmã Nicla já é figura conhecida de muitos Dehonianos pela sua atuação no Seminário Teológico de Yogyakarta, na Indonésia, no ano passado. Naquela ocasião ela fez uma bela, e muito apreciada, análise da Congregação

Na apresentação de hoje afirmou que um Capítulo Geral é um evento do Espírito Santo. “Vocês são como os discípulos, reunidos sob o signo do amor”, disse. “Vocês não são apenas uma associação que expressa preferências. Vocês estão aqui como dom de si mesmos para os confrades”.

A tarefa dos delegados do Capítulo é o de escutar o Espírito. A história da Congregação, que se encontra nas suas obras, nas suas pessoas, nos seus Capítulos precedentes, e no próprio Fundador, dá o sentido do que realmente a Congregação é hoje e como ela responde aos apelos do mundo atual.

“Vocês devem escutar sua própria memória, as suas origens”, exortou Irmã Nicla. “O carisma é uma mola que nunca pode deixar de impulsionar… Não somos a soma de nossas ações e do nosso trabalho. O carisma é algo mais profundo”.

Fazendo eco às palavras de P. Carlos Enrique, pronunciadas ao início do dia, Irmã Nicla, inisistiu que o Capítulo Geral é celebrado de modo sinodal. “É um compromisso concreto de caminhar juntos”, continuou. “Um Capítulo é uma experiência espiritual comum”.

Irmã Nicla refletiu sobre o nosso Dehonian Mission Statement do “Coração e Mente Abertos”. “Eis o compromisso de vocês a procurar juntos um novo futuro. Tal futuro não acontece por acaso”. Depois encorajou os delegados a terem coragem de mudar a si mesmos e a Congregação. “Quando vocês sentem a coragem de enfrentar os desafios, de entrar em diálogo com todos os confrades, então podem encontrar um momento de graça no Capítulo”. Na graça pode-se ver o futuro.

O dia concluiu-se com a Missa de abertura que teve em P. Carlos Enrique o celebrante prinicipal.

(http://www.dehon.it/it/index.php?option=com_k2&view=item&id=2399:inizia-il-capitolo-generale&Itemid=77). Tradução de E&L.

Comments are closed.