Banner
Dehonianos - Província BSPArtigosMISSÕES: ENSINAMENTO DO MAGISTÉRIO DA IGREJA

MISSÕES: ENSINAMENTO DO MAGISTÉRIO DA IGREJA

A Igreja é missionária desde suas origens. A sua comunhão é expansiva, em saída, inclusiva, razão pela qual se desdobra em missão. Trata-se de comunhão missionária e a missão comunitária. Apreciemos, brevemente, os pricipais documentos eclesiais que se ocupam do tema das missões.

a) Encíclicas anteriores ao Concílio Vaticano II
As principais encíclicas pontifícias e exortações apostólicas sobre as missões, antes do Concílio Vaticano II são: Sancta Dei Civitas (Leão XIII, 1880), Maximum Illud (Bento XV, 1919), Rerum Ecclesiae (Pio XI, 1926), Saeculo Exeunte (Pio XII, 1940), Evangelii Praecones (Pio XII, 1951), Fidei Donum (Pio XII, 1957) e Princeps Pastorum (João XXIII, 1959). Esses documentos tratam, em geral, da primeira evangelização e abordam temas como o mandato missionário de Cristo, o chamado à conversão e à fé, a implantação da Igreja, a corresponsabilidade entre as Igrejas irmãs.

b) Documentos missionários do Concílio Vaticano IO Concílio Vaticano II, celebrado entre 11 de outubro de 1962 e 08 de dezembro de 1965, publicou seu último documento, o Decreto Missionário Ad Gentes, às vésperas do seu encerramento, em 07 de dezembro de 1965. Este decreto precisa ser visto no contexto de todos os documentos conciliares, especialmente as quatro constituições dogmáticas: Lumen Gentium, Dei Verbum, Sacrosanctum Concilium e Gaudium et Spes. A idéia principal que pode harmonizar todos os documentos é a de “Igreja sacramento”, que, na sua dimensão missionária “ad gentes”, completa-se na expressão: “Igreja sacramento universal de salvação” (LG 48; AG 1).

c) Documentos missionários pontifícios pós-conciliares
São três os documentos pós-conciliares especificamente missionários: Evangelii Nuntiandi (Paulo VI, 1975), Slavorum Apostoli (João Paulo II, 1985), Redemptoris Missio (João Paulo II, 1990). Em todos os documentos do pós-concílio, a dimensão missionária “ad gentes” torna-se cada vez mais explícita.

d) O Catecismo da Igreja Católica
O Catecismo reúne a doutrina missionária da Igreja, com sua base bíblica, magisterial e teológica, e com orientação catequética. Aproveita a doutrina conciliar sobre o tema, com numerosas citações, especialmente da Constituição Lumen Gentium e do Decreto Ad Gentes. O tema é apresentado na explicação do Credo (“Creio na Santa Igreja Católica”, nº 748 ss.). A Missão universal tem origem trinitária e acontece por Cristo, no Espírito. Relaciona-se com a Igreja entendida como “mistério” ou sacramento universal de salvação” (nn. 772-780), “católica” (nn. 830-856), e “apostólica” (nn. 857-870).

Equipe de Espaços e Laços.

Comments are closed.