Banner
Dehonianos - Província BSPDestaquesO GIRO PELO MUNDO CONTINUA

O GIRO PELO MUNDO CONTINUA

Depois da apresentação da área geocultural da África tivemos, hoje (4ª feira, 18/07), a internacionalidade e a interculturalidade mostrando seu rosto norteamericano, asiático e latinoamericano.

 

América do Norte

Tanto no Canadá quanto nos Estados Unidos, a interncionalidade é fundamental para a presença dehoniana. Em ambas as Entidades faz-se tudo para acolher bem os confrades de outras nações e é intensa a atividade com as migrações. “Nós dehonianos somos solidários com nossos irmãos e irmãs imigrantes. Queremos transmitir a mensagem: estamos com vocês. Vocês são bem vindos aqui!”, afirmou P. Vien Nguyen.

Os confrades da América do Norte também falaram do program ESL (inglês como segunda língua) dos USA e dos programas acadêmicos de colaboração com o Seminário Sagrado Coração e a Escola de Teologia. Informaram, outrossim, acerca da multicultural Paróquia de St. Thomas More, nas vizinhanças de Toronto.

Outro destaque coube aos retiros continentais e à criação da Comissão Teológica Dehoniana da América do Norte, bem como da partilha do nosso carisma com leigos e colaboradores.

 

Ásia

O tema da internacionalidade soou forte no relatório dos dehonianos da Ásia: Índia, Indonésia, Vietnam e Filipinas. É a área que mais cresceu na Congregação ultimamente, num total de 380 religiosos, chegando a 500 dehonianos quando se incluem os candidatos. A Ásia é uma grande fonte missionária para a Congregação.

P. Francis Vu Tran fez breve histórico da mais jovem das Entidades asiáticas, o Vietnam. Fundado em 2013, o Distrito tem como prioridade o reconhecimento do governo local, enquanto comunidade religiosa. Para a região de Saigon (Ho Chi Minh City) o estatuto legal já foi obtido na semana passada e espera-se que seja estendido ao país inteiro. Isso possibillitará as ordenações de sacerdotes vietnamitas e o exercício do ministério sacerdotal no país. O Distrito do Vietnam é abençoado com muitas vocações para seus três seminários e colabora com as outras Entidades.

As Entidades asiáticas receberam muitos missionários de outras partes da Congergação. Hoje cresce o número de missionários da Ásia em outras Entidades, como Itália, Finlândia, Brasil, França, Canadá, Estados Unidos, além da Casa Geral em Roma.

 

América latina

Na América Latina (ARG, BRE, BRM, BSP, CHI, ECU, PAR, URU, VEN), a internacionalidade é vivida de várias formas, mas recentemente passou-se a explorar a possibilidade de uma missão na Colômbia.

Nos últimos anos muitos venezuelanos fugiram da desordem civil que reina em seu país e refugiaram-se sobretudo na Colômbia. Entre eles, há um número significativo de Leigos Dehonianos, pessoas que fizeram parte dos grupos da Família Dehoniana, na Venezuela. Quando souberam que dois Dehonianos iriam visitar a Colômbia, quiseram estar lá para os cumprimentar. O P. Carlos Luis Suárez Codorniú falou das famílias dehonianas que encontrou em Bogotá. O grupo procura reunir-se mensalmente e espera manter contato regular com os nossos religiosos.

Destaque desta área geocultural é o compromisso com a pastoral vocacional. Segundo P. Leonardo Javier Zampa, Superior Provincial da Argentina, todos os Dehonianos e todas as Entidades tem compromisso com as vocações.

Outros campos de convergência encontram-se em algumas etapas formativas em comum. Continuam as atividades na área social, busca-se efetivar o caixa comum.

Cf. Site da Congregação (http://www.dehon.it/it/index.php? option=com_k2&view=item&id=2412:24cg-linternazionalit%C3%A0-vissuta-e-coltivata&Itemid=77). Tradução e síntese feita por E&L.

Comments are closed.