ENFIM, NA CIDADE ETERNA

Novo tempo de estudos

No dia 23 de outubro, sexta feira, finalmente consegui realizar a viagem para Roma para dar continuidade aos meus estudos. Nosso Senhor, através da Congregação, me pede dedicar estes próximos anos de minha vida e ministério ao estudo da Liturgia. A finalidade mais imediata deste tempo é, por óbvio, o aperfeiçoamento em vista da missão acadêmica junto à Faculdade Dehoniana.

Desembarcar em Roma foi a superação de verdadeiro desafio! Minha viagem se daria em 3 de maio. Por causa da emergência sanitária, estando fechadas as fronteiras e dificultado o trânsito de brasileiros para território europeu, tive de adiá-la mais de duas vezes. Um processo paciente (e por vezes, impaciente, confesso) teve de ser encarado. Por fim, consegui viajar, ainda que sob a tensão de imaginar como seria a passagem pelos rigorosos controles de fronteira diante desta situação difícil que o mundo vive. Por fim, tudo correu bem e, na tarde do dia 24 de outubro, fui acolhido em nossa Casa Geral na comunidade do Collegio Internazionale Leone Dehon, onde por sinal os brasileiros estudantes formam o grupo majoritário: somos 9, sendo 6 de nossa Província BSP, 2 da Província BRM e 1 da Província BRE, sem contar o Conselheiro Geral, P. Levi que reside na mesma casa.

No início de julho, comecei a estudar a língua italiana na Pontificia Università Urbaniana de Roma. Sim, em julho! Este é um fato curioso e que foi causado pela pandemia de Covid-19: tive de acompanhar o curso através do aplicativo Zoom que possibilita aulas interativas via internet. O fato de ter participado através deste meio não é, em si, diferente dos demais alunos – religiosos e religiosas; ao todo doze – que estavam em Roma, mas que não podiam frequentar a Universidade por razões sanitárias. O que me fez ser o “diferente” nesta turma foi o fato de ser o único aluno do continente americano e que, por causa disso, tinha de acordar de segunda a sexta (no período entre julho e setembro) às 3h00 da madrugada a fim de acompanhar a aula em horário italiano. Com a graça de Deus, minha perseverança e a compreensão dos confrades da Paróquia Nossa Senhora da Candelária (Vila Maria), onde residi desde janeiro de 2020, pude “inverter” meus horários pastorais e participar com fruto deste curso.

Licenza in Sacra Liturgia é o nome do curso que farei junto ao Pontificio Ateneo Sant’Anselmo e que terá duração de cerca de três anos. Este Schola é uma instituição tutelada pelos monges beneditinos e foi criada sob o pontificado de Inocêncio XI, em 1687. O Papa São João XXIII, por sua vez, desejou que aquele fosse um local conveniente para o aprendizado da ciência litúrgica, formando mestres e doutores para o magistério acadêmico e pessoal capacitado para a composição de Comissões Diocesanas de Liturgia por todo o mundo. Por isso, em junho de 1961, criou ali o Pontificio Istituto Liturgico.

Sou grato a Deus e à Província Brasil – São Paulo pela oportunidade dada. Peço as preces de todos os confrades para que a graça de Deus me torne apto a, no futuro, colaborar com qualidade para a formação litúrgica no ambiente acadêmico de nossa querida Faculdade Dehoniana e em outros serviços pastorais da Congregação e da Igreja.

Da Cidade Eterna envio saudações a todos, in Corde Iesu!

 

Eduardo Nunes Pugliesi SCJ.

Comments are closed.