Dehonianos - Província BSPDestaques NotíciasIGREJA DEHONIANA É INCENDIADA NO CONGO

IGREJA DEHONIANA É INCENDIADA NO CONGO

Incêndio criminoso na Paróquia São Clemente

 

Na noite de terça-feira, 6 de abril de 2020, a comunidade de sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus foi vítima de um incêndio.
Depois de celebrar as festividades da Páscoa, a noite de terça-feira, 6 de abril, foi um segundo calvário para toda a comunidade dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus da Paróquia São Clemente em Kinshasa, República Democrática do Congo. Por volta de 1 hora da manhã, enquanto todos dormiam, a igreja da Paróquia São Clemente foi intencionalmente incendiada por pessoas ainda não identificadas.
A comunidade religiosa está localizada ao lado da igreja paroquial. Cinco Sacerdotes religiosos do Sagrado Coração de Jesus servem em diferentes setores, tais como a pastoral paroquial, a educação no Grupo Escolar “Giuliano Lever”, desde o jardim de infância até a escola secundária. A igreja também está rodeada por vizinhos que trabalham ao nosso lado numa colaboração pela qual somos gratos.
Enquanto o país atravessa uma situação de insegurança generalizada, e as consequências dessa insegurança podem ser sentidas por toda parte, a nossa paróquia também tem sido uma vítima disso. A noite de terça-feira, 6 de abril, foi uma noite perturbadora para a nossa paróquia. Por volta de 1 hora da manhã, a comunidade foi surpreendida pelas chamas e pelo fogo. E até hoje, não sabemos como e quando começou. A comunidade foi alertada pelo vizinho que teria visto três pessoas escaparem depois de acenderem o fogo, e imediatamente, a comunidade tomou medidas, com a ajuda e apoio dos vizinhos, para extinguir o fogo que até então se encontrava ao nível das portas da Igreja. Ao mesmo tempo, informamos a polícia que chegou ao local do incidente depois de o incêndio já ter sido controlado.
No local do incidente, foram encontrados vestígios de gasolina e tábuas que tinham sido utilizadas para iniciar o incêndio.
Tais incidentes não são isolados. Várias paróquias, comunidades religiosas, já sofreram ataques. E em várias regiões do país, algumas dioceses e congregações viram os seus padres serem atacados fisicamente ou sequestrados. E alguns outros clérigos desapareceram ou foram assassinados. Num país onde os aspectos políticos, econômicos e sociais estão em ruínas, a Igreja, que é o único refúgio do povo, tornou se também o alvo de pessoas mal intencionadas. Rezemos pela RDC para que a paz chegue aos corações e à sociedade.

 

Kivahuka Faustin SCJ (https://www.dehoniani.org/).

Comments are closed.