Dehonianos - Província BSPDestaques NotíciasPadre Zezinho, a Live dos 79 anos

Padre Zezinho, a Live dos 79 anos

Para tempos especiais, especial comunicação

Em meio a pandemia, com o desafio de reinventar maneiras de ir ao povo e evangelizar, a comunidade do Conventinho reuniu-se mais uma vez para celebrar a vida de seu irmão mais famoso, P. Zezinho, e sem perder a chance do povo se aproximar. Se há um ano o aniversário do P. Zezinho, foi um dos pontos altos dos festejos do centenário da presença dehoniana em Taubaté, pode-se dizer que também foi um dos momentos mais marcantes do período de isolamento social da comunidade religiosa do Conventinho.

Lá, havia artistas famosos e quatro mil pessoas no campo; aqui, religiosos colocando seus dons a serviço e mais de cem mil visualizações da live de aniversário do padre Zezinho. Lá, uma megaestrutura montada no campo e mais de duzentas pessoas trabalhando; aqui, a sala de recreio e oito pessoas cuidando da transmissão. Lá, o povo veio até ao Conventinho; aqui, o Conventinho foi até ao povo. E indo ao povo para celebrar a vida de P. Zezinho, houve a oportunidade de comunicar o carisma dehoniano, diluído nas letras e nas canções, de modo a suavizar um pouco das cruzes que muitos que acompanham a festa sentiam.

As semanas que precederam a live de aniversário foram intensas, com muito ensaio dos fratres Carlos, David, Filipe Luiz, Jean, Jefferson Henrique, Ramon e Lislay, do Diác. Jéferson e do P. João Carlos. Foram cantadas apenas músicas do P. Zezinho. A live contou com a participação da Ziza Fernandes, entre outras pessoas. Não pode deixar de ser mencionado que foram seguidas todas as orientações dos órgãos responsáveis a fim de reduzir ao máximo o risco de contágio do COVID-19, inclusive a sala de recreio foi totalmente desinfetada após a live. Os religiosos daqui acompanharam a live das salas de TV locais.

Ao fim da transmissão, a comunidade do Conventinho fez uma surpresa ao P. Zezinho: fratres, diáconos e padres aproximaram-se da janela cantando “Um coração para amar” e assim prestaram sua homenagem ao ilustre aniversariante. Foi um dos momentos mais emocionantes da live. Contando com a participação da grande maioria dos religiosos do Conventinho, o que se viu, foi uma festa de família, da família dehoniana. Abriu-se uma janela, através da internet, para que o povo visse um pouco da intimidade e da fraternidade que caracteriza uma comunidade religiosa.

Fr. Filipe Henrique de Araújo SCJ (3o Ano de Teologia)

Comments are closed.