Banner
Dehonianos - Província BSPDestaquesMEMÓRIA DE PADRE LEÃO JOÃO DO CORAÇÃO DE JESUS DEHON

MEMÓRIA DE PADRE LEÃO JOÃO DO CORAÇÃO DE JESUS DEHON

Em 12 de agosto de 1925, por volta do meio-dia, P. Leão João Dehon, após um período de enfermidade, morreu em Bruxelas. De acordo com o seu desejo, foi enterrado no cemitério de St. Quentin, França. No 30º aniversário de sua morte, Dom Philippe, uma das últimas testemunhas daqueles dias difíceis, recordou os momentos finais do fundador:

“Este foi o último dia, era quarta-feira. Já, na terça-feira da semana anterior, dia 4 de agosto, P. Dehon celebrou a missa uma última vez. Ele frequentemente falava da morte e dizia que, quando ele ouvia falar da agonia que ‘a mais bela seria esta, ficar doente por três dias; no primeiro dia você organiza seus negócios, se confessa, recebe os últimos sacramentos, no terceiro dia você parte para o Bom Deus’. Pode-se dizer que isso quase aconteceu com ele. O Ecônomo Geral foi informado, assim como foi P. Ottavio Gasparri, o procurador, que havia chegado de Roma e trazia uma bênção especial para o enfermo. Por volta das 10h00min eu fui até o Fundador e lhe disse: ‘Deixe o P. Falleur (tesoureiro geral) ir ao banco para resolver os trâmites legais’. Tivemos que mudar tudo o que estava no nome de Padre Dehon. Retornando a casa, nós percebemos que os últimos momentos tinham chegado. Nós nos unimos em orações pelo moribundos, também os familiares de P. Dehon se uniram a nós. Nós recitamos juntos as ‘preces pelos moribundos’. Ele pode nos seguir com perfeita calma, até às 12h10min, quando, sem agonia, cessou a respiração. Este foi o fim de uma vida de trabalho e sacrifício.”

Fonte: www.dehon.it

Comments are closed.