Dehonianos - Província BSPDestaques NotíciasNOVINTER 2019: “É PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU” (Gl 5,1a)

NOVINTER 2019: “É PARA A LIBERDADE QUE CRISTO NOS LIBERTOU” (Gl 5,1a)

Neste espírito de serem pessoas mais livres e felizes, que entre os dias 19 e 23 de agosto, no Convento São Francisco de Assis, em Rodeio-SC, reuniram-se noviços e noviças de quatro Congregações para o 2º Novinter de 2019, com o tema: “Vida Religiosa Consagrada”, assessorado pela Ir. Terezinha Antônia Sotopietra, Catequista Franciscana (CF).

Noviços e noviças das Congregações dos Capuchinhos (OFMCap), dos Frades Menores (OFM), dos Padres do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos/SCJ) e das Irmãs da Divina Providência (IDP) tiveram momentos de aprofundamento da Vida Religiosa Consagrada em seus diferentes carismas e convívio fraterno com ricas partilhas de experiências que ultrapassam fronteiras culturais e nacionais, levando em consideração a presença de diversos países: Argentina, Brasil, Itália, Paraguai e Venezuela, num total de 30 noviços.

Nestes dias, viu-se como a Vida Religiosa Consagrada respondeu às necessidades de cada época ao longo da história, desde a formação das primeiras comunidades até os dias atuais, com suas crises que também se mostraram oportunas para retornar à inspiração original, à centralidade do Evangelho que revela o plano divino de salvação. Além disso, aprofundou-se a compreensão da vivência dos conselhos evangélicos, a partir de documentos da Igreja, especialmente pós Concílio Vaticano II, e também das Constituições de cada Congregação. Vivência esta que traz vida em plenitude e a alegria da verdadeira liberdade porque “É para a liberdade que Cristo nos libertou” (Gl 5,1a). As renúncias necessárias, que constituem o seguimento de Cristo por causa do Reino, tornam-se pequenas. É isto que os religiosos testemunham, principalmente à juventude, que por vezes não conhece a Vida Religiosa e por isso não consegue responder à vocação. É preciso evidenciar que ser religioso é uma forma de vida que traz felicidade sem precisar se conformar ao “mundo” e aos seus falsos valores que mais aprisionam do que libertam, e que somente pela graça de Deus é possível vivê-la.

Assim como uma comunidade se fortalece na medida em que vivencia os votos numa caminhada conjunta em fraternidade e unidos na oração e na eucaristia renovam as forças para a missão, assim também os noviços e noviças foram renovados com estes dias de convívio fraterno. Reconhecendo não estarem caminhando sozinhos, mas junto a outros que querem também se doar totalmente a Deus e aos irmãos, especialmente aos mais pobres.

Noviço André Luiz SCJ.

Comments are closed.