Banner
Dehonianos - Província BSPArtigosPADRE DEHON EM VISITA A SANTA CATARINA (12)

PADRE DEHON EM VISITA A SANTA CATARINA (12)

O que sabemos sobre a religião, o culto do sol, dos sacrifícios de crianças e de homens, dos escritos, da cor e mesmo do caráter dos índios desde o México até o Peru, de sua civilização marcada pelas ruínas de seus monumentos, nos confirma a opinião de que os fenícios contribuíram na povoação da América Equatorial. Perto de Recife ainda existe uma colina sagrada, um lugar de sacrifícios, no planalto de Tabatinga, que domina o vale onde foi construída a fábrica de Camaragibe. “Eu sei disto, me disse o P. Maximino, porque o velho Pantaleão, escravo liberto, com mais de cem anos, me falou desse lugar sagrado e de muitas outras histórias, num estilo inefável”. Estas lembranças do lugar elevado de Tabatinga também são conhecidas através dos dados manuscritos do Mosteiro de São Bento de Olinda e de José de Alencar, escritor brasileiro que aproveitou estas tradições para fazê-las reviver em seus romances.

Para citar, ainda uma curiosidade: alguns intérpretes do livro de Esdras dizem que os primeiros habitantes da América foram os judeus cativos no tempo de Oséias (700 anos antes de Cristo), conduzidos por uma força divina a uma região desconhecida, onde criatura humana jamais tinha habitado, por uma viagem de um ano e meio e talvez com barcos fenícios.

O P. Simão Vasconcelos pretende reconhecer nos índios o caráter dos judeus: frouxos, medrosos, supersticiosos, mentirosos…

Certas tribos de índios possuem a circuncisão, mas este costume, não exclusivo dos judeus, existiu entre os egípcios, os etíopes, os sírios e os fenícios.

Além disso, os judeus podiam ter-se misturado com os fenícios que se aventuravam no oceano. As coleções do museu de Kircher, em Roma, mostram que há uma impressionante unidade de todas as raças brancas da humanidade.

Flexas (sic) em aljavas com pontas de sílex, de ferro, de madeira recortada, de caniço fino: isto se encontra na Plinéisa, na África, como no Brasil. Da mesma forma clavas e machadinhas de pedra polida, flexinhas (sic) de pedra cortada, pirogas, remos, redes, instrumentos de música. O Brasil tem a especialidade de belos chapéus com penas de aves porque a natureza favorece. Os africanos do sul e da costa de Somali possuem os mesmos costumes.

A pré-história da Itália é a mesma que da África e da América. O México possui alguns mosaicos e miçangas. O Peru lembra a Fenícia e o Egito por suas múmias, seus vasos desenhados, seus tecidos pintados a cores.

No Peru colocavam as múmias acocoradas em bolsas. Encontram-se igualmente corpos acocorados no Japão e mesmo na Etrúria. Sabe-se que esta posição das múmias tem um curioso simbolismo. Representa a criança no útero de sua mãe e é testemunho de fé desses povos na ressurreição e numa segunda vida.

Circular SCJ – 15 anos de BSP e BRM.

Comments are closed.