Banner
Dehonianos - Província BSPNotíciasRETIRO DO SETOR 2 – PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE LOURDES SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

RETIRO DO SETOR 2 – PARÓQUIA NOSSA SENHORA DE LOURDES SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

 

No dia 06 maio aconteceu o Retiro Setorial dos Leigos Dehonianos do Setor 2, realizado na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes e muito bem organizado pelos Leigos Dehonianos   desta mesma Paróquia. Participaram as seguintes Paróquias: de Taubaté/SP – Paróquia Espírito Santo, Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja; de São José dos Campos/SP – Paróquia Nossa Senhora de Lourdes.

O retiro teve início às 08h00 com um delicioso café, acompanhado da calorosa acolhida de boas vindas do grupo da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes e pelo Frater Jean Chaves Neto que acompanha o grupo de São José dos Campos.

Fizeram-se presentes os Fratres Alexandre Barbosa que acompanha os Leigos da Paróquia Espírito Santo (Gurilândia) e Rodrigo Bento que acompanha o grupo da Paróquia Nossa Mãe da Igreja (Estiva).

Após café e momento de convivência os presentes se reuniram no Auditório Padre Dehon onde fomos acolhidos pelo ministério de música Sr. Ronaldo (grupo Aliança) que motivou os presentes com cantos. Em seguida, com a exposição do Santíssimo Sacramento fizemos nosso momento de adoração.

Eduardo (coordenador Leigos Dehonianos de São José dos Campos) conduziu este momento trazendo aos presentes um pouco da história da Província Brasil São Paulo dos 15 anos e recordando os 175 anos do nosso Fundador Padre João Leão Dehon. Fez uma ponte para nossos dias, chamando atenção para experiência com os corações feridos: “Precisamos beber do “Coração Ferido” de Cristo para unirmo-nos ao homem com coração ferido e contribuir para aliviar o seu jugo; por outras palavras, dar-lhe alivio.”

Renovamos o nosso Eis-me Aqui com Ato de Oblação “Ministros da Reconciliação”. Também rezamos pelo bom êxito do Ano Vocacional Dehoniano para que seja um tempo de recordação de nossa memória e possa servir de impulso evangelizador para todos nós.

Em seguida aconteceu primeira reflexão sobre o tema “Nossas feridas”, apresentado pelo Frater Jean (Mateus 15, 1-20).

Após reflexão fomos divididos em três grupos para debruçar-nos sobre os sofrimentos em família, na vida e nos grupos. Neste momento o Pároco Padre Ademilson Aparecido da Silva passou pelos grupos dando as boas vindas aos Leigos e manifestando a alegria deste Retiro na paróquia.

Após as partilhas em grupo, Márcia conduziu o Terço Dehoniano “Louvor a Maria”.

A pausa para almoço novamente propiciou bons momentos de convivência, estando presentes os Padres Ademilson Aparecido da Silva, Aurélio Mariotto e Mariano Weizenmann.

Na parte da tarde aconteceu segundo momento de reflexão com o tema “Por suas Chagas fomos curados (1P 2,24)!” conduzido pelo Fr. Rafael Vieira da Costa. Seguiu-se um momento de deserto sobre o tema apresentado.

Ao retornar, os participantes se reuniram em seus respectivos grupos para um Fórum com o objetivo de dar expressão ao sofrimento e propor soluções, bem como apresentar as iniciativas e projetos de cada grupo. Trabalhamos a partir do seguinte questionamento: “Onde queremos chegar como Leigos Dehonianos”? A essa altura visitou-nos o P. Lotívio Antônio Finger que acompanha o grupo de Leigos Dehonianos da Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja. Ele deu-nos a alegria de ficar conosco até a partilha dos grupos de como melhor viver o Carisma da Reparação e Oblação, enquanto Leigos Dehonianos.

O Retiro encerrou-se com missa presidida pelo Padre Mariano. Fica em cada qual dos retirantes a gratidão por todos que se empenharam para que este retiro acontecesse, com reflexões tão propícias às nossas realidades. Retornamos para os nossos grupos com a certeza de que “… não importam os desafios e circunstâncias, diante de cada um estamos presentes para amar e reparar; não importa quão pesada seja a cruz do irmão, estamos juntos para suavizá-la” (Abertura Celebrativa do Ano Vocacional Dehoniano).

NB. A coordenação do grupo de Leigos Dehonianos da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes (Eduardo e Márcia) lembra, oportunamente, que o retiro foi uma demonstração de sintonia das diversas categorias de leigos na Igreja, o que é altamente significativo para o Ano do Laicato. De fato, neste retiro confluíram três grupos diferentes de leigos, a saber: uma expressão da Família Dehoniana, os Leigos Dehonianos (a quem coube a estruturação e a condução do retiro); os leigos de uma pastoral de Igreja, como é a Pastoral Familiar (que esteve na coordenação da cozinha); um grupo das novas comunidades, a Comunidade de Aliança Família Anuncia-me, ¨CAFA¨ (por conta de quem ficou a animação de nosso evento).

Meirinha e Beto (Dos LD da Paróquia Mãe da Igreja, Taubaté/SP).

Comments are closed.