Dehonianos - Província BSPCongregação Destaques NotíciasDEHONIANOS NA ALEMANHA E SUA VISÃO DE FUTURO

DEHONIANOS NA ALEMANHA E SUA VISÃO DE FUTURO

Como e para onde vai a Província Alemã (GER)?

De domingo (17.10.2021) a quinta-feira (21.10.2021), realizou-se a Assembleia Provincial, no convento de Neustadt. Cerca de 30 participantes trocaram opiniões sobre temas atuais das comunidades alemãs e sobre a situação dos SCJs na Europa e no mundo.
“Foi uma semana de muitos assuntos”, resumiu o Provincial, P. Heinz Lau, enumerando: “O Relatório do Provincial, do Ecônomo Provincial, do Procurador da Missão e da Administração Geral em Roma; a visão dos confrades com menos de 65 anos; o futuro das casas; o encontro dos Superiores Europeus em Cracóvia; abusos sexuais e muito mais”.

Ao início houve a apresentação dos relatórios, pelos superiores das seis casas na Alemanha. Quem pertence à comunidade, quais são seus campos de trabalho, que desaos os confrades enfrentam em sua realidade? Deu-se muito espaço à visão do grupo de Dehonianos com menos de 65 anos, assim expressa: “Em profunda comunhão com Jesus Cristo, como sacerdotes do Sagrado Coração (dehonianos), testemunhamos a boa nova da vida em abundância, especialmente para as pessoas marginalizadas, num estilo de vida simples, acolhedor e aberto”.

Em pequenos grupos, os padres discutiram quais conceitos-chave são importantes para eles em determinada frase e como eles já os colocam em prática ou gostariam de agir a partir deles, no futuro. Eles concordaram em compartilhar esta visão. P. Ernst Otto Sloot, SCJ, “representante” do grupo dos abaixo de 65, comunicou que continuariam a trabalhar sobre o argumento: “a partir disso, vamos denir uma missão para nossa Província religiosa. Este ideal que formulamos na visão precisamos, agora, traduzir na prática. Qual é a nossa principal preocupação? Qual é o nosso carisma dehoniano? É vericável na realidade? O que nos torna reconhecíveis para as pessoas? Com essas questões haveremos de nos confrontar nos próximos dois anos”.

“Para onde estamos indo?”
Os dehonianos não fecharam os olhos para o difícil tema dos “Abusos Sexuais: prevenção, intervenção e assistência”. P. Michael Baumbach, MSF apresentou a temática. Ele deu uma palestra muito clara e concreta sobre as causas, consequências e tratamento dos casos de abuso, por parte de religiosos. “Foi bom que tenhamos encontrado um religioso para falar sobre esta matéria”, acrescentou P. Sloot, depois. “Ele é um especialista no assunto e fala a partir de sua própria experiência. Sua apresentação não foi ‘falar sobre…’, mas ‘com’ a gente. O abuso afeta a todos nós, todo o nosso trabalho, nosso fazer e pensar”. Naturalmente, um tópico importante foi o futuro da Província alemã e das seis comunidades. P. Lau resumiu-o da seguinte forma: “Nosso objetivo era reetir juntos e trocar ideias: Para onde vamos, nos próximos anos? Não tomamos nenhuma decisão, mas estamos em um ponto crítico; estamos muito carentes de pessoal, embora ainda tenhamos nossas casas bem instaladas. P. Jacinto Weizenmann, SCJ, brasileiro que trabalha na paróquia de Berlim, acrescentou: “Estamos todos muito conscientes de que somos muito poucos. Colocamo-nos esta situação honestamente e nos perguntamos: como lidar com ela?” Ao longo dos dias, desenvolveram-se algumas ideias, sobre como as coisas poderiam continuar na Província. Agora cabe à liderança provincial ocupar-se da questão. P. Lau diz: “O que eu percebi, motiva-me a pensar mais. E há muito em que pensar”.

A internacionalidade dos Dehonianos
Os SCJs estão presentes em todo o mundo. Também na Província alemã há alguns confrades provenientes de outros países. A internacionalidade da Congregação, portanto, também foi um tema relevante. A questão foi reforçada pelo fato de ter sido objeto de discussão no recente encontro dos superiores europeus, realizado em Cracóvia. Ali também, o tema central foi que os Sacerdotes do Sagrado Coração estão diminuindo numericamente: eles estão envelhecendo e são poucas as novas vocações (você pode ler os relatórios sobre a reunião dos superiores em Cracóvia no site internacional www.dehoniani.org).

Entretanto, uma nova comunidade foi fundada em Nijmegen, na Holanda. A propósito, os padres Jésus Baena Valbuena (da Espanha), Michal Tabak (da Polônia) e Petrus Subowo (da Indonésia), estiveram em Neustadt. Junto com seu confrade holandês, P. Wim Halters, SCJ, eles participaram da Assembleia Provincial GER. Eles não têm (ainda) uma tarefa claramente de nida. Antes de tudo, querem formar juntos uma boa comunidade e aprender a língua holandesa. Depois, os três padres pretendem ver onde o carisma é necessário.

Outro convidado foi o P. Alban Pascal Noudjom Tchana, Superior Provincial dos Camarões. Ele aproveitou sua estadia na Alemanha, entre outras coisas, para visitar os estudantes dos Camarões que estudam em Freiburg. Ele relatou as difíceis condições políticas em seu país de origem e, quando solicitado, contou sobre um projeto com o qual a Província está dando importante contribuição no país, tanto econômica quanto socialmente: a atividade social de uma padaria.

Brigitte Deiters (Neustadt, Alemanha)

Comments are closed.