VIVÊNCIAS E REMINISCÊNCIAS

Um mato-grossense, nascido no Paraná

Sou o Diácono Guilherme Isaac Brunetto, scj, nascido no dia 03 de fevereiro de 1994, em Francisco Beltrão-PR. Filho de Lidemar Brunetto e Geneci Brunetto, tenho dois irmãos mais novos, Leandro Ricardo Brunetto, de 23 anos, e Lucas Roberto Brunetto, de 15 anos.

Eu e minha família morávamos em Dois Vizinhos-PR, até que em 19 de setembro de 2001, quando tinha 7 anos de idade, mudamo-nos para o assentamento Gleba Mercedes I e II, hoje Distrito de Nova Fronteira, no interior de Tabaporã-MT. Na comunidade nascente dedicada à Sagrada Família, na então recém-criada Paróquia Santo Antônio da referida cidade, z meus estudos catequéticos e posteriormente tornei-me catequista pelo período de três anos, fator este essencial em meu discernimento vocacional.

Além desta experiência catequética, outros dois fatores foram fundamentais em meu discernimento vocacional: o testemunho do pároco de minha paróquia, Pe. João Selhorst, scj, que não media esforços para atender da melhor forma possível as dezesseis comunidades desta missão; e a experiência na Missão Dehoniana Juvenil, da qual participei na primeira etapa de São José do Rio Claro-MT, em julho de 2010.

Entrei no seminário Padre Dingler, de Novo Horizonte do Norte-MT, em fevereiro de 2011. Nos dois anos seguintes cursei losoa no SEDAC e morei no Seminário Padre Dehon, em Várzea Grande-MT. Meu postulantado foi em Terra Boa-PR, em 2014, e o noviciado em Barretos-SP, em 2015, onde professei os primeiros votos em 15 de janeiro de 2016. Depois disto fui enviado para viver a experiência religiosa em Juara MT, auxiliando nas necessidades pastorais e sacramentais da Paróquia São José. Em 2018 iniciei os estudos teológicos na Faculdade Dehoniana, residindo no Conventinho, em Taubaté-SP. Professei os votos perpétuos em 13 de fevereiro de 2021 e fui ordenado diácono no dia 14 de fevereiro de 2021.

No dia 8 de janeiro de 2022 serei ordenado presbítero, pela imposição das mãos de Dom Vital Chitolina, scj, na Comunidade Sagrada Família, em Nova Fronteira, Tabaporã-MT e no dia seguinte celebrarei as primícias sacerdotais na mesma localidade. Sob o lema “Dai-lhes vós mesmos de comer” (Mc 6,37) desejo viver o ministério assumido com alegria e disponibilidade, alimentando na fé, esperança e caridade o Povo de Deus a mim conado.

Minha gratidão especial ao Bom Deus pelo chamado vocacional e a Congregação dos Padres do Coração de Jesus pelo acolhimento e formação dispensados a mim durante todo este tempo de discernimento vivido. Que o Senhor nos sustente na delidade ao carisma que recebemos e na missão por nós assumida no seio da Igreja.

Diác. Guilherme Isaac Brunetto SCJ (Conventinho e Faculdade Dehoniana de Taubaté)

Comments are closed.