Dehonianos - Província BSPDestaques NotíciasROMA: DOUTORADO DE Pe. FLÁVIO DOS PASSOS

ROMA: DOUTORADO DE Pe. FLÁVIO DOS PASSOS

“A pessoa enquanto termo forense…”

 

Depois de ter concluído o Mestrado na Universidade Gregoriana em 2018 (Filosofia Moderna e Antropologia), no último dia 28 de outubro o Pe. Flávio Marcos dos Passos defendeu a sua Tese de Doutorado na Universidade Lateranense. O título da Tese é “A pessoa enquanto termo forense. Da experiência percebida ao Dia do Juízo” e foi orientada pela professora Dra. Valentina Zaffino. O objetivo da Tese era apresentar uma releitura da Antropologia do filósofo inglês John Locke.
Segundo Pe. Flávio, “pessoa forense quer dizer que a pessoa é um ser constituído pela relação: consciência-corpo humano-alma racional-ações. Ela é um ser cuja toda existência se realiza sob a égide da Lei. Por isso, ela é e deve ser responsável pelas suas ações, que são constitutivas da sua identidade pessoal, e por elas deverá prestar contas à Deus no Dia do Juízo. Neste Grande Dia, Deus “revelará todos os segredos dos corações” (1Cor 4,4-5). Será o momento em que a pessoa alcançará a plenitude da sua identidade pessoal e se auto reconhecerá como realmente é”.
Ainda segundo Pe. Flávio, “a pesquisa tem uma grande atualidade especialmente por duas questões: 1) recupera o entendimento de consciência, termo central da antropologia lockeana, enquanto elemento que identifica o eu (self) e não apenas como conhecimento ou como estado; 2) aborda temas muito atuais como o valor inalienável da pessoa, o aborto, a eutanásia, a tolerância religiosa, a separação Igreja-Estado, entre outros”.
A Tese foi muito bem avaliada pela banca que lhe conferiu a avalição máxima: Suma cum Laude. Pe. Flávio voltará ao Brasil nas próximas semanas e em 2022 retornará à Faculdade Dehoniana.

 

Pe. Emerson Ruiz SCJ, Roma (https://dehoniana.edu.br/).

Comments are closed.