Dehonianos - Província BSPDestaques NotíciasENCERRAMENTO DO ANO NO CONVENTINHO

ENCERRAMENTO DO ANO NO CONVENTINHO

Uma conclusão típica para um ano atípico

Como sempre frisa o reitor, P. Djalma, SCJ, a dinâmica formativa e comunitária do Conventinho, em Taubaté/SP, pode, tranquilamente, ser comparada a uma viagem de trem. Nessa viagem, os passageiros são os fratres formandos que ocupando os vagões, que são as suas respectivas séries e etapas dos estudos teológicos, param na estação chamada Convento SCJ que, a mais de 100 anos, fecunda as terras do Vale do Paraíba e prepara homens de fé e inteligência para fecundar o Brasil e o mundo com sua experiência de Deus ali vivida.

Como toda viagem, acontecem paradas e retomadas, acolhidas e despedidas. Não foi diferente por aqui nesses últimos dias…

Na Quarta-feira, dia 02 de Dezembro, no ápice das Bancas De Universa Theologiae, às 18h00, celebramos a Santa Missa na Capela-Mor do Convento. Nessa celebração, transmitida pelas nossas mídias sociais, todos os Diáconos e os Fratres do 4º Ano se fizeram presentes de modo significativo. Paramentados, compuseram o Presbitério da nossa capela e despediram-se, assim, dos Amigos do Coração, os quais os acompanharam por esses anos, com orações e amizade. Na homilia, proferida pelo Irmão Valdemar, SCJ, foi destacada a dimensão da missão e da partilha. Afinal, a multiplicação dos pães e peixes solicita a caridade e a fraternidade que, uma vez experimentada na convivência fraterna no Convento, deve compor as escolhas e as atitudes dos neo-sacerdotes pela missão afora. Ao término da Celebração, cada qual tomou a palavra, se apresentou e comunicou a sua transferência para 2021.

No dia seguinte, Quinta-feira, ao final do dia, a Santa Missa foi celebrada internamente, sem transmissões. Mais uma vez o clima de despedida – de partida da estação do Convento – fez parte da liturgia. Na homilia, proferida pelo reitor, P. Djalma, SCJ, foram resgatados vários pontos do decorrer do ano, especialmente a Pandemia que, de certa forma, provocou diversas reações entre nós, religiosos desta comunidade. No entanto, mesmo na insegurança e incerteza da situação, a serenidade e o dinamismo encontraram o nosso coração. Quantas foram as iniciativas internas que, sem dúvidas, poderíamos chamar de “estratégias de reinvenção” foram colocadas em prática para “driblarmos” a realidade triste e preocupante da Pandemia e continuarmos nossas atividades formativas e acadêmicas, sem perder qualidade de vida praticando o cuidado, sobretudo para com os mais idosos da nossa comunidade.

Após a Missa, o 3º Ano de teologia, como de costume, preparou um momento de convivência fraterna simples, como deve ser a nossa vida, sem muitos contornos ou enfeites, demonstrando assim, que a vida acontece e Deus se expressa nos pequenos sinais de cada dia! Vale destacar que a Costela fogo de chão, a Leitoa e os pequenos detalhes da decoração e organização, expressaram gratidão que é a memória do coração!

No dia seguinte, sexta-feira, dia 04 de Dezembro, os confrades começaram suas viagens de férias. Cada um com seu destino e atividades próprias poderão levar ao mundo o Coração de Cristo e a sua experiência com Ele, vivência esta que, se dúvidas, nesse ano, foi feita com mais intensidade e recolhimento do que em outros anos. Afinal, 2020 marcou a história da humanidade, especialmente a da nossa comunidade que se reinventou e se protegeu, rezando e cuidando uns dos outros.

Eis os confrades que concluem sua etapa formativa no Convento SCJ e na Faculdade Dehoniana:
Da Província BSP: os Diáconos Jeferson Pereira de Castro, Marco Antônio Borges Junior, Guilherme César Silva Rocha;
Do Distrito BSL: Diác. Arlyson Ernesto Ferreira Gomes;
Da Província BRM: os Diáconos Alexandre Barbosa, Cristiano Tiago Araújo, Rodrigo Bento, Fábio Luiz Pereira, Marcos Antônio Bernardes, Fagner Ramon Pacheco Haas.
Província CMR: Diác. Valery G. Ngono Onana.
Além dos diáconos, também partem: Fr. Wellyngthon Messias Mendes (BSP) e Fr. Rodrigo Victor de S. Pereira (BRE).

Guido José Kievel SCJ (Formador do Seminário Dehonista de Lavras/MG).

 

Comments are closed.