Dehonianos - Província BSPArtigosMEMÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA

MEMÓRIAS DA NOSSA HISTÓRIA

Conventinho de Taubaté. Os Dehonianos no Vale do Paraíba

Conclusão

Ao concluir este trabalho, não estamos dando a última palavra sobre a pesquisa histórica do Conventinho. Fazemos votos que, nossos confrades especializados em História, possam um dia trazer novas informações e completar o presente trabalho. O autor dessa obra se sentiria muito feliz em poder ver realizados tais votos. “O CONVENTINHO DE TAUBATÉ” é, antes de tudo, um primeiro esforço, um ensaio, uma modesta contribuição à história da Província e à história do Convento do Sagrado Coração de Jesus de Taubaté.

Como já foi formulado na introdução, o principal objetivo desse ensaio histórico é resgatar e reunir o material escrito existente e registrar cuidadosamente os fatos históricos guardados na memória dos poucos confrades vivos que foram testemunhas oculares dessa nossa história. Este trabalho é também uma tentativa de tirar do anonimato e trazer para o presente o testemunho de fé, de amor à Igreja e à Congregação dos nossos  heróicos pioneiros. É um momento para refletir sobre o legado deixado pelos primeiros padres alemães. Que lições e apelos nos foram feitos nessa trajetória dos 78 anos de presença dehoniana em Taubaté! Eles passaram no teste de fidelidade. Se amanhã a Província entrasse em crise, não poderíamos acusar o passado por esse fato. Os dehonianos que para cá vieram até a década de 40, lançaram, com seu amor missionário, – não obstante as naturais limitações humanas, – sólido e magnífico alicerce da vida o que hoje temos.

Após 72 anos de ensino teológico (1924-1996), o nosso Escolasticado matriculou 910 estudantes para o curso de teologia. Desses, 554 ordenaram-se presbíteros, sendo 342 da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus e 212 do clero diocesano e de outros institutos religiosos.

Com 63 anos de existência, a Província Brasileira Meredional (BM) conta com duas regiões. Atuamos em duas frentes missionárias no Brasil e com atividade missionária em dois países além-fronteiras.

Graças à grande dedicação dos padres alemães da primeira hora, somos hoje uma Província com bom numero de religiosos. O 12º Capítulo Provincial da BM (out. 1996) definiu o seu projeto apostólico provincial para os próximos anos na ação evangelizadora da Igreja no Brasil. Estamos empenhados em delinear melhor o rosto dehoniano para os tempos de hoje. Evidentemente, essa busca de identidade exige um projeto apostólico bem claro. Sem dúvida, porém, estamos longe dos tempos pioneiros onde tudo era apenas esperança. Hoje, para a execução do “projeto apostólico”, dispomos de melhores condições de trabalho, facilidade de comunicação e recursos humano-financeiros do que nos dias difíceis de implantação da província. Por isso, a história dos 78 anos de presença dehoniana no Vale do Paraíba deve ser para nós um exame de consciência. Deve ser-nos um momento de confronto com a nossa missão na Igreja e na história. Não apoiamos nenhum triun-falismo ingênuo. Convidamos, isso sim, a beber as águas genuínas da memória provincial, no que se viveu e no que se fez.

Nessa perspectiva, um pouco de história faz bem a todos. Se nosso hoje significa alguma coisa, devemo-lo em grande parte aos alicerces de ontem. E, daqui a 50 ou 75 anos, o que dirão de nosso desempenho e de nosso testemunho de agora?

No decurso da investigação ficou claro que a descoberta e a tomada de consciência do belo legado deixado por esses homens do Coração de Jesus, são-nos verdadeiro apelo para viver mais profunda e dinamicamente o carisma do Padre Dehon.

Por tudo quanto foi apresentado nessa obra, através do auscultar da história, somos hoje cha-mados a OLHAR PARA O FUTURO e, nele, compreender o nosso carisma de maneira mais viva e lúcida, para estarmos abertos aos grandes eventos da Igreja e do mundo.

É nessa esperança e no apelo de fazer uma verdadeira história que invocamos aqui as anima-doras palavras de João Paulo II:
“Vós não tendes apenas uma história gloriosa para recordar e narrar, mas uma grande história a construir!  Olhai o futuro, para o qual vos projeta o Espírito a fim de realizar convosco ainda gran-des coisas” (Exortação Apostólica pós-sinodal VITA CONSECRATA, nº 110).

José Francisco Schmitt SCJ.

 

Comments are closed.